Supply Chain – Integrar para agregar

Tempo de leitura: 5 minutos

 

Supply Chain

A gestão da cadeia de suprimentos é uma abordagem sistemática para gerenciar a distribuição de mercadorias desde os produtores de matérias-primas, passando pelos fabricantes e, eventualmente, até os usuários finais.

O gerenciamento da cadeia de suprimentos afeta as empresas de manufatura de várias maneiras, incluindo a disponibilidade de insumos necessários para os processos de produção, custos e lucratividade de itens manufaturados, infraestrutura da empresa e formas pelas quais as empresas interagem com seus fornecedores e clientes.

Compreender as formas como o gerenciamento da cadeia de suprimentos te afeta tanto do ponto de vista operacional diário quanto do ponto de vista estratégico é importante como gestor na indústria. E para te ajudar, abaixo explicamos exatamente o que o gerenciamento do Supply Chain e quais são seus benefícios! Vamos lá?

Afinal, o que exatamente é o gerenciamento de Supply Chain?

Reconhecendo a crescente complexidade da cadeia de suprimentos, as empresas se tornaram altamente interessadas no gerenciamento do Supply Chain.

Elas perceberam que precisam de um conjunto poderoso de estratégias que possam ajudá-las a facilitar todos os processos da cadeia de suprimentos para garantir maior visibilidade e rastreabilidade, reduzir desperdícios e custos, simplificar operações, acelerar o tempo de resposta ao cliente e otimizar o desempenho geral.

O Supply Chain busca integrar processos para gerenciar o fluxo total de um canal de distribuição, desde a gestão de compras até o cliente final.

Em outras palavras, a gestão da cadeia de suprimentos tem a ver com integrar e coordenar todas as funções, atividades, transações e pessoas interconectadas em uma cadeia de valor integral por meio da qual os produtos ou serviços — físicos ou virtuais — fluem constantemente de um fornecedor e fabricante para um distribuidor e, finalmente, para os consumidores.

Benefícios do gerenciamento da cadeia de suprimentos

Implementar o gerenciamento efetivo da cadeia de suprimentos usando poderosas soluções de Supply Chain permitirá que as empresas otimizem os três fluxos-chave na cadeia de suprimentos: fluxo de produtos, fluxo de informações e fluxo financeiro.

1. Fluxo aprimorado de produtos e materiais

O tempo de chegada do produto para o consumidor é um indicador crucial da eficiência do fluxo de produtos. Quanto menos tempo para as mercadorias chegarem ao cliente final, mais eficiente será o fluxo do produto.

No entanto, há muitos outros fatores a serem considerados, como a qualidade dos materiais ou mercadorias que atingem os clientes, o equilíbrio da oferta e da demanda, as opções e custos de expedição e os estoques.

O gerenciamento eficaz da cadeia de suprimentos permite que as empresas aprimorem o fluxo de produtos por meio de uma demanda precisa e previsão de vendas, além de melhorar o gerenciamento de estoques para deter o efeito chicote e evitar a subprodução.

O Supply Chain também minimiza atrasos e permite total rastreabilidade e visibilidade dos movimentos de mercadorias do fornecedor para o cliente. Ele permite estratégias de trabalho que podem acelerar o time-to-market e otimizar a velocidade do negócio, garantindo um alto nível de qualidade do produto.

2. Fluxo de informação sem costuras

Uma gestão do Supply Chain efetiva exige não apenas a integração de fluxos de materiais, mas também a integração de fluxos de informação na cadeia de suprimentos. Hoje, com clientes constantemente exigindo resposta em tempo real e fácil acesso ao produto e outros conteúdos da cadeia de suprimentos, o fluxo de informações deve ser ininterrupto.

Fluxo de informação intermitente e insuficiente devido a uma cadeia de suprimentos fragmentada pode levar a um mau relacionamento com fornecedores e clientes, além de enormes custos.

Empresas com gerenciamento eficaz da cadeia de suprimentos podem remover os gargalos no fluxo de informações da cadeia de suprimentos. Isso pode ajudá-las a avaliar a qualidade do compartilhamento de informações e, em seguida, implementar soluções para melhor preencher as lacunas.

O Supply Chain ajuda a projetar práticas recomendadas eficazes para facilitar os diferentes tipos de informações da cadeia de suprimentos que geralmente vêm em diferentes formatos e estruturas. Ele também permite um fluxo de informações preciso, oportuno, completo e relevante para evitar oportunidades perdidas e possíveis riscos.

3. Fluxo financeiro aprimorado

Outro ponto problemático para os participantes da cadeia de suprimentos é como melhorar o fluxo de caixa na cadeia de valor, que envolve milhares de faturas e pagamentos em um determinado ano. A imprevisibilidade e a variabilidade de entradas e saídas financeiras podem adicionar mais complexidade à oferta inerentemente complexa fluxo financeiro em cadeia.

Em geral, os desafios da gestão financeira são (1) o processamento lento devido a processos manuais e de silo; (2) fluxos de caixa não confiáveis ​​e imprevisíveis devido à falta de informações oportunas e (3) processos dispendiosos devido à conformidade e falta de capacitação dos funcionários.

A implementação do gerenciamento da cadeia de suprimentos pode ajudar as empresas a enfrentar todos esses desafios na gestão de custos, permitindo-lhes avaliar cuidadosamente seus processos atuais, identificar os elos mais fracos que retardam e dificultam o fluxo financeiro e determinar as soluções certas para resolver os problemas.

Ao otimizar o fluxo de produtos, informações e finanças, as empresas podem criar e aproveitar de forma proativa novas oportunidades de mercado e mitigar os riscos que podem impactar negativamente todo o seu negócio.

Com um sistema eficaz de gerenciamento de Supply Chain, você poderá avaliar de forma abrangente e contínua seus processos, identificar e preencher todas as lacunas, reduzir custos, evoluir de forma competente com cadeias de suprimentos em constante evolução e possibilitar tomadas de decisão mais rápidas.

Para maximizar o potencial do Supply Chain, no entanto, é preciso adotar uma abordagem baseada em dados, pois os dados estão no centro de todas as transações da cadeia de suprimentos. Isso permite a integração perfeita dos elementos dos negócios.

E você, como está o Supply Chain na sua empresa? Aproveite e leia nosso post sobre gestão de custos na indústria: como atuar estrategicamente.