Como ser mais produtivo?

Tempo de leitura: 4 minutos

Não importa o que você faz ou onde você trabalha – todo mundo está procurando maneiras de ser mais produtivo. No entanto, quantidades excessivas de cafeína e elaboração de listas não são o ideal para te fazer atingir os melhores picos de produtividade.

Por que estamos tão obcecados com a produtividade? Já foi provado que a era digital aumenta nossa dificuldade de concentração. A mobilidade, os aplicativos e redes sociais abrem um enorme portal de informações, mas precisamos saber como extrair esses benefícios sem que nos prejudique.

Contudo, a produtividade não tem a ver com fazer mais coisas e reduzir a quantidade de vezes que você checa suas redes sociais. Se você realmente quer ser produtivo, precisa fazer questão de fazer menos coisas e fazê-las melhor.

Como ser mais produtivo? Listamos algumas dicas que podem te ajudar!

1. Corte sua lista de tarefas pela metade

Outro ponto que já foi provado cientificamente é que ser multitarefa é um mito. Tentar concluir várias tarefas de uma só vez faz com que você faça cada uma delas mais lentamente, o que acabará levando mais tempo do que se concentrar nelas individualmente.

Além de levar mais tempo, tentar ser multitarefa faz com que você acabe terminando o dia com a sensação de que nada foi feito ou de não ter feito da forma como deveria.

Você realmente precisa dessas 30 tarefas na sua lista de tarefas? Tome uma abordagem menos-é-mais para a sua lista, concentrando-se apenas em realizar as coisas mais importantes primeiro.

2. Faça algumas pausas para ser mais produtivo

Ficar completamente focado por longos períodos de tempo pode ser prejudicial para o seu cérebro. Evite a dor de cabeça e a vista cansada, dê a si um momento de pausa. Beba água e alongue-se, você voltará recarregado e pronto para alcançar uma maior eficiência.

Uma dica é seguir a Técnica Pomodoro. Ela divide seu dia de trabalho em blocos e diz que para cada 25 minutos de foco, você deve tirar uma pausa de 5 minutos. Depois de 4 blocos de trabalho, a pausa pode ser maior, chegando a meia-hora.

3. Siga o Princípio de Pareto, ou regra 80/20

Já ouviu falar do Princípio de Pareto? Ele diz que apenas 20% do que você faz todos os dias produz 80% de seus resultados. Por isso, elimine as coisas que não importam durante sua rotina — elas têm um efeito mínimo na sua produtividade geral.

Por exemplo, divida o seu próximo projeto em etapas e sistematicamente remova tarefas até chegar aos 20% que obtêm os 80% dos resultados. Muitas vezes, tirar um tempo para se organizar e fazer isso é justamente o que reduzirá seu tempo de trabalho lá na frente e te ajudará a ser mais produtivo.

4. Tenha um tempo para você

Um obstáculo para ser mais produtivo é começar suas manhãs verificando seu e-mail e sua agenda. Isso permite que os outros ditem o que você vai realizar e saia do que tem planejado.

Começar o dia ignorando seus e-mails de manhã e tomando um bom café da manhã, lendo as notícias, meditando ou malhando aumentará sua disposição para render nas próximas horas e garantirá que você tenha o combustível necessário para um dia produtivo. Esse é um dos hábitos de pessoas eficazes.

Deixe seu trabalho mais desafiador para quando seu cérebro estiver fresco. Se você tiver algum trabalho complexo ou reuniões, guarde-os para a tarde. Ao agendar seu dia dessa maneira, você poderá criar uma forma nova e mais produtiva de gerenciar seu tempo.

5. Melhore sua etiqueta de e-mail

O e-mail, no geral, atrapalha a ser mais produtivo e geralmente é uma distração das tarefas que realmente importam — por isso, não caia nessa armadilha de produtividade!

Por exemplo, muitas vezes as pessoas copiam vários colegas em e-mails para tirar a responsabilidade de suas costas, mas isso é um sinal de preguiça e realmente distrai todos os outros, criando um ruído contra as tarefas que realmente importam.

Como regra geral, se você receber um e-mail em que muitas pessoas são mencionadas, faça um favor a todos e coloque os endereços em cópia na resposta. Se sua cadeia de e-mails ultrapassar duas respostas, é hora de pegar o telefone.

6. Foco na estabilidade emocional

Embora ninguém goste de admitir, a pura preguiça é a principal contribuinte para a perda de produtividade no trabalho. Por isso ter hábitos alimentares saudáveis e buscar uma vida mais ativa, como se exercitar pela manhã poderá fazer toda a diferença.

A ansiedade é a inimiga número um da produtividade, tentar fazer demais só vai lhe causar estresse, tornando-o menos produtivo e mais ansioso.

Coloque seu foco em fazer as coisas mais importantes da maneira mais eficiente e eficaz possível. Entenda suas capacidades e aceite o que pode e deve ser feito para que o seu cérebro não aplique truques que o farão se sentir mal por não alcançar aquilo que esperava. Menos é mais quando se trata de ser produtivo durante o dia de trabalho.

Agora que você sabe como ser mais produtivo com as suas tarefas, conheça também as 6 metodologias industriais que permitem melhorar o rendimento do trabalho na sua produção!